Tag: bovinocultura

Parceria para mecanização da colheita de palma forrageira prevê ganhos para...

Juntas, Casale, Universidade de São Paulo – USP e a EMBRAPII, estão desenvolvendo projeto de equipamento, criado do zero, para mecanizar a colheita da palma forrageira, que demandará investimento próximo a R$ 2 milhões.

Cerca de 1,5 milhão de bois confinados foram mapeados em cinco...

Com o apoio da UPL, o Confina Brasil finalizou o mapeamento da pecuária intensiva brasileira. Com todas as medidas de segurança sanitária, a expedição, visitou cerca de 120 propriedades.

ARTIGO – Pecuária 4.0: inteligência artificial auxilia na produtividade de pastagens...

Luciano Almeida - engenheiro agrônomo da UPL Brasil - frisa que a inteligência artificial oferece altíssima precisão e emite relatórios sobre as condições do campo, indicando o tipo de ameaça, entre outros benefícios.

DESTAQUE – Dicas para avaliar touros Nelores por fotos ou vídeos

O touro Nelore precisa ser funcional, produtivo, precoce e apresentar ótimas diferenças esperadas na progênie (DEP)l. Com um bom treinamento, qualquer pessoa pode se tornar um verdadeiro expert em tudo isso, garante Roberto Vilhena Vieira, que há 20 anos é jurado efetivo da ABCZ.

Benefícios do planejamento nutricional para o rebanho

Nesse período nossas pastagens reduzem, acentuadamente, o seu crescimento, proporcionando um menor volume de pasto aos animais. Entretanto, além dessa sazonalidade na produção, o que vem de fato, limitar o bom desempenho dos animais criados em pastos, no período de seca, é a própria concentração dos nutrientes, afirma Julliano Pompei, do Grupo Matsuda.

Confinamento de bovinos: muito espaço para crescimento, garante Balsalobre

O número de bovinos confinados no Brasil aumenta de forma significativa. Segundo estimativas, varia de 4,5 a 5 milhões de cabeças por ano. E a tendência é de crescimento constante. De outro lado, a área de pastagem diminui proporcionalmente.

ARTIGO – Pastagem: Trunfo do pecuarista brasileiro

Carne, leite e seus derivados fazem parte da mesa da maioria dos brasileiros, e não é diferente na região Sul. Para chegar à mesa do consumidor, existe muito trabalho de profissionais como pecuaristas, agrônomos, zootecnistas e veterinários. O Brasil possui um rebanho de aproximadamente 213,5 milhões de bovinos de corte e aproximadamente 16,3 milhões de vacas ordenhadas, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Rio Grande do Sul, por exemplo, representa 5,85% do total do rebanho de bovinos de corte, com aproximadamente 12,5 milhões de animais, e 9% quando falamos das vacas ordenhadas, com 1,2 milhão. Além dos bovinos, o estado ainda conta com 16% do rebanho de ovinos, de um total de 18,9 milhões de animais no país.

Inovação e Tecnologia