Defensivos, Fertilizantes e Nutrientes

Defensivos e Fertilizantes

Nova tecnologia contribui para minorar problemas com plantas daninhas, incluindo as mais resistentes

Em média, 15% da produtividade global de grãos é perdida pela matocompetição e plantas daninhas resistentes, que em seu combate exigem anualmente investimentos crescentes, hoje estimados em R$ 4,2 bilhões no cultivo de soja, e perdas próximas a R$ 9 bilhões. Novos herbicidas pré-emergentes visam a colaborar com o agricultor no aumento da produtividade da sua lavoura.

Cultura da soja ganha multissítio biológico para combate à ferrugem asiática

O Bio-Imune, fungicida e bactericida biológico da linha Biovalens do Grupo Vittia, disponível a partir deste mês no mercado, é um multissítio biológico com formulação inovadora e superconcentrada, que atua diretamente na parte aérea das plantas, realizando ampla proteção e fortalecendo seu crescimento, melhorando a sanidade e a qualidade da lavoura de soja.

Albaugh investe em novas fábricas de fungicidas e inseticidas em Resende

A ampliação da capacidade produtiva e a diversificação da manufatura do complexo industrial de Resende (RJ) – voltado à produção de herbicidas e inaugurado em 2019 – constitui investimento alinhado ao plano de crescimento projetado para a companhia e visa a contribuir para o cumprimento da meta de ocupar market share acima de 5% no setor de agroquímicos brasileiro, nos próximos anos.

Melão e uva merecem atenção e manejo nutricional adequado no ciclo final de produção

O ciclo final da produção das frutas requer muita atenção por parte dos produtores, especialmente aos que cultivam melão e uva, que são variedades exportadas em larga escala pelo Brasil.

Nova Instrução Normativa da Receita Federal vai reduzir custos do fertilizante no Brasil

A IN 1974 de 02 de setembro de 2020, deverá reduzir os custos do fertilizante no mercado interno brasileiro, beneficiando toda a cadeia produtiva, desde o produtor rural até o consumidor final, inclusive desburocratizando a operação de descarga de granéis sólidos.

“Herbicidas do Futuro”: quatro produtos a partir de molécula inédita no Brasil

A partir de molécula altamente tecnológica, obtida de forma inédita pela empresa, os novos herbicidas pré-emergentes destacam-se pelo longo residual, alta seletividade e controle das principais plantas daninhas resistentes no Brasil, e que prometem ajudar o agricultor no aumento de produtividade.

ARTIGO – A importância de investir na nutrição da soja para uma lavoura promissora

A produtividade nacional aumentou e existem plantações que ainda podem atingir um rendimento operacional superior ao atual. Jorge Felipe Rosemback Stachoviack, líder do Programa NutriPasto e SuperSoja da Yara, dá sugestões.

Mais 28 defensivos agrícolas de controle biológico são registrados pelo Mapa

Com a aprovação pelo Mapa de mais de 28 defensivos agrícolas de controle biológico – cinco inéditos, formulados a partir de ingrediente ativo piroxasulfona, isoladamente ou em mistura com outros ingredientes ativos, dez biológicos microbiológicos e um feromônio – os agricultores brasileiros passam a ter a sua disposição 84 biodefensivos.

A cultura do algodão é dependente do perfil do solo e da tecnologia

O algodão necessita de solos de média a alta fertilidade por se tratar de uma cultura de alta exigência nutricional. Além disso, o clima e a tecnologia ajudam a manter o nível de produtividade. dessa cultura que pode ser afetada pelo período atual, que exige dos produtores aumento da produção e controle do investimento.

Parceria entre iniciativa privada e academia foca em pesquisa sobre doenças na cultura da...

A Bayer e a Universidade Federal de Viçosa (MG) assinaram parceria de colaboração técnico-científica para o desenvolvimento de um estudo de variabilidade de populações de Phytophthora - que são patógenos que provocam a podridão radicular e da haste da soja no Brasil.

Mais Notícias

Economia e Legislação

ARTIGO – Síndrome Mastite, Metrite e Agalaxia (MMA) é forma severa...

Os impactos da Síndrome Mastite, Metrite e Agalaxia (MMA), os fatores de risco e formas de controlar e tratar a enfermidade, que, de acordo com pesquisas, afeta cerca de 15% das matrizes, logo após ao parto, são enfocados por especialistas da Ceva.