Café

ARTIGO – Quem ama florestas, consome cafés sustentáveis

O Brasil possui uma das cafeiculturas mais emblemáticas do mundo e o consumo direcionado pode ser uma forma de engajamento ambiental

Cartilha orienta sobre prevenção ao coronavírus durante a colheita do café

A chegada da época da colheita da safra do café de 2020 e o fato de Minas Gerais ser o maior Estado brasileiro produtor de café - a expectativa é colher em torno de 30 milhões de sacas de 60kg, volume físico que representa mais ou menos 50% da safra nacional, produzidos em aproximadamente 460 municípios mineiros - levaram a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – Emater-MG a editar “Orientações sobre prevenção ao coronavírus durante a colheita do café”, com medidas específicas de prevenção durante o transporte de trabalhadores, alojamento, refeitório e trabalho de campo, além de boas práticas de colheita.

Cartilha orienta produtor sobre colheita em época da Covid-19

Um conjunto de 35 orientações foram organizadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) com a finalidade de ampliar a segurança das pessoas envolvidas em toda a cadeia de agrícola, incluindo a atividade de colheita de produtos vegetais.

ESPECIAL – Levantamentos de produção sinalizam recordes e comprovam: o agro não para

Recorde na safra de grãos é previsto pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mesmo em época de pandemia. Além dos resultados do 7º Levantamento da Safra mostrados em 9 de abril, a empresa iniciou os preparativos para a pesquisa dos]s estoques privados de café, finalizou o Crop Tour, realizado de janeiro a março de 2020, divulgou o Boletim de Monitoramento Agrícola com dados sobre o milho segunda safra e realizou o levantamento de dados junto às usinas sucroalcooleiras sobre a produção de cana-de-açúcar em São Paulo.

Em busca de indicação geográfica, cafeicultores do Sul de Minas lançam associação

Qualificar os cafés produzidos pelos municípios do Sul de Minas Gerais. Essa é a meta de um grupo formado por 30 cafeicultores dessa região, que se organizaram para criar a Associação dos Cafeicultores do Sul de Minas, a ACAF Sul de Minas.

ESPECIAL 19ª Femagri: cafeicultor marca presença em busca de tecnologia para o cafezal

Durante os três dias, a feira reuniu mais de 32 mil cafeicultores em busca de tecnologias e soluções capazes de melhorar a forma de gestão das propriedades. O saldo positivo pode ser medido, também, pelo número de orçamentos gerados: 11,2 mil. Esse resultado foi estimulado pelo preço físico do café – R$ 500,00 a saca – que favoreceu ao produtor a opção pela trava de café como pagamento de suas aquisições durante a feira.

DESTAQUE – 40,6 milhões de sacas: recorde histórico nas exportações de café em 2019

O crescimento de 13,9% no volume das exportações de café em 2019 ante 2018 levou o Brasil a exportar 40,6 milhões...

Mais Notícias

Eventos