Lançada plantadeira tratorizada autotransportável

0
197

A Jacto disponibiliza ao mercado, no Show Rural Coopavel 2024, a plantadeira tratorizada autotransportável Lumina 300 e anuncia novidades na Meridia 200, máquina já reconhecida pela excelência em plantabilidade.

A Lumina 300, destinada para atender culturas de verão, como soja, milho e algodão, pode ser configurada com 16 ou 18 linhas, reservatório central de 5.100 litros e sistema de pulverização no sulco de plantio com 900 litros de capacidade e totalmente integrado, o que elimina adaptações e riscos de quebras do equipamento em comparação com as soluções montadas after market. A Lumina 300 também pode ser equipada com sulcadores tipos discos duplos desencontrados ou haste para fertilizantes.

“A Lumina 300 é a máquina que os produtores rurais estavam aguardando pelo reconhecimento da excelência em plantabilidade. O equipamento tem várias soluções diferenciadas que permitem fluxo de palha realmente eficiente, elevado rendimento operacional e economia de insumos. Sua característica mais marcante é estar pronta para transporte com 3,2 metros de largura sem nenhum setup, obedecendo aos requisitos para o transporte em estradas de auto rodagem, além de proporcionar mais agilidade dentro da propriedade e nas estradas, aumentando o tempo disponível para o plantio”, explica o gerente de negócios em plantio da Jacto, Mauro Menão.

A máquina se destaca ainda pela otimização do plantio, com o uso de ferramentas de agricultura de precisão. Dispõe de um sistema completo de monitoramento dos insumos, com taxas variáveis tanto para sementes quanto para fertilizantes, e corte linha a linha, o que permite a aplicação nas dosagens corretas em cada situação, aumentando a produtividade e reduzindo os custos para o produtor.

“Linha a linha”

A Lumina 300 reforça o portifólio de plantadeiras da Jacto junto com a Meridia 200, já disponível no mercado com 11, 13 e 15 linhas e que passa a contar a partir de 2024 com tecnologias de agricultura de precisão, que podem proporcionar uma economia de até 15% em sementes e fertilizantes e diversos outros benefícios.

“Essas tecnologias de Agricultura de Precisão presentes na Lumina 300 e agora na Meridia 200 interessam muito aos agricultores, pois a maioria das máquinas depende de um sistema mecânico de dosagem. Quando utilizamos essas tecnologias, trabalhamos com motores elétricos que agem individualmente nas linhas, ou seja, o plantio se torna independente com possibilidade de desligamento linha a linha, além de compensação de curva e semeadura em taxa variável. Toda essa tecnologia é gerenciada pelo sistema GPS do trator. O equipamento orienta a plantadeira para quando ligar e desligar os motores”, ressalta Menão.

Outros grandes diferenciais competitivos das plantadeiras Jacto são profundidade mais uniforme das sementes, com o exclusivo sistema de pressão constante na linha de plantio, e a maior disponibilidade para o trabalho, com reservatórios de adubo e sementes que proporcionam mais autonomia e soluções de manutenção que facilitam a substituição de elementos da máquina apenas retirando alguns parafusos, o que reduz em até 50% o tempo de manutenção