Virada de safra é período propício para verificar o funcionamento do sistema de irrigação no cafezal

0
11

Embora a manutenção no sistema de irrigação do café tenha que ser feita periodicamente ao longo do ano, é na virada de safra que os produtores ligam o “sinal de alerta” para esta questão. Muitos aproveitam esta época para fazer uma manutenção e avaliação do seu sistema de irrigação. No entanto, para o alcance de melhor desempenho na produção, aumento do lucro e maior longevidade dos equipamentos, são necessários seguir alguns cuidados, como limpeza do sistema de irrigação e verificação das condições de vazão e pressão nos diversos pontos do sistema.

O acompanhamento do uso correto dos equipamentos e sua manutenção garantem, então, mais produtividade, qualidade e economia na lavoura de café. Do contrário, o produtor rural corre o risco de ver a lavoura não alcançar os resultados esperados.

Para evitar esse problema, a ajuda de especialistas torna-se fundamental, tanto na instalação quanto no acompanhamento da utilização dos equipamentos para os diferentes tipos de irrigação

“O sistema de irrigação, assim como qualquer outra máquina, requer manutenção. É importante que o produtor observe as dicas de manutenção para que o equipamento tenha longevidade e garanta qualidade na entrega da água nas plantas. O manejo mal feito e a falta de manutenção podem implicar em desconformidade na aplicação de água e no desenvolvimento das plantas”, ponderou Elídio Torezani, diretor da Hydra Irrigações.

Engenheiro agrônomo da Hydra, Eduardo Santana reforça que os produtores rurais devem sempre se atentar ao bom uso das ferramentas para o alcance de melhor desempenho na produção: “Os cuidados com a manutenção são uma forma de o produtor garantir o funcionamento correto do sistema. A manutenção faz com que os equipamentos não percam as características iniciais e se mantenham eficientes durante todo o tempo de funcionamento”.