Showtec: em três dias, mais de 120 expositores e R$ 150 mi em negócios

Feira anual realizada Maracaju (MS), o Showtec apresenta produtos e serviços ligados ao setor agropecuário, lançamentos, inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para a sustentabilidade do segmento aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, entre outros, e leva informações de forma direta e aplicável. Na edição 2020, o Showtec, de 22 a 24 de janeiro, contabiliza mais de R$ 150 milhões em negócios, impulsionados principalmente pela forte presença das concessionárias de maquinários agrícolas. Com 124 expositores e ampla programação técnica, a feira contou com a participação de 15 mil pessoas nos três dias de evento.

Fernando Braz Tangerino, engenheiro agrônomo e professor da Unesp de Ilha Solteira, faz um panorama da Showtec 2020, destacando a participação da Unesp no evento deste ano.

Durante a feira, os visitantes puderam encontrar modelos de maquinários que facilitam o dia a dia nas lavouras e diminuem custos com a produção. Empresas expuseram plantadeiras, colheitadeiras, pulverizadores, tratores e tecnologias para a agricultura de precisão, possibilitando expansão de vendas de produtos dos expositores para o público.

Luciano Mendes, presidente da Fundação MS, entre as atrações, destaca a  Trincheira Show, realizada pelo segundo ano consecutivo, com estrutura maior e espaço ampliado nas arquibancadas. Nesse espaço foram apresentados por palestrantes de renome nacional os aspectos físicos, químicos e biológicos do solo e os impactos do sistema radicular na melhoria da qualidade do sistema.

O auditório de palestras permaneceu lotado na maior parte do tempo, com produtores rurais, técnicos e outros profissionais ligados ao agro ávidos por conhecimento. Os painéis abordaram temas diversos, com dicas de como o produtor pode atingir um alto desempenho no milho safrinha e a relevância da rotação de culturas para altas produtividades.

Um outro painel levou informação sobre sugadores de soja e milho e qual o manejo adequado para controlar as pragas e doenças nas lavouras, entre elas, o enfezamento do milho, doença tem ganhado cada vez mais importância no Estado. E buscando preparar o produtor rural para o mundo digital, o Showtec, em painel espcífico, mostrou tecnologias de mecanização, como aplicação, plantabilidade e controle do tráfego de máquinas.

Realizado pela Fundação MS e promovido pelo Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Sistema OCB/MS (Organização das Cooperativas Brasileiras) e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), o Showtec conta com patrocínio do Senar/MS, Sistema Fiems/Senai e Sicredi, além de apoio da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (Febrapdp), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Embrapa, Fundems, Prefeitura Municipal de Maracaju, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Semagro, Fundação Agrisus e Sanesul.

Alguns expositores

Máquinas agrícolas – Tratores da série Fendt 1000 Vario, linha de colheitadeiras Fendt IDEAL e plantadeira dobrável Fendt MOMENTUM focados no produtor profissional e de larga escala foram as soluções apresentadas pela Fendt – marca pertencente à AGCO.

“Os produtores brasileiros buscam novas maneiras de aumentar a eficiência e os lucros em suas operações agrícolas. A marca registrada da Fendt é a tecnologia de ponta fácil de usar, que levará a produtividade de nossos clientes a um novo patamar”, afirma José Galli, diretor Fendt para a América do Sul, explicando que esses três equipamentos, trabalhando juntos, oferecem a solução completa para o ciclo de vida agrícola dos produtores rurais – desde o plantio até a colheita -, proporcionando maior produtividade e rentabilidade para o produtor.

A série de tratores de alta potência Fendt 1000 Vario, por exemplo, é importada da Alemanha, enquanto a colheitadeira de tecnologia de ponta Fendt IDEALTM e a plantadeira dobrável com fertilizante em linha Fendt MOMENTUMTM estão sendo produzidas, respectivamente, nas plantas industriais de Santa Rosa e de Ibirubá, ambas no Rio Grande do Sul. A sede da Fendt no Brasil foi inaugurada no dia 4 de setembro, em Sorriso (MT).

A J.Assy, especialista em soluções tecnológicas para plantio, focou sua participação no dosador pneumático Selenium, produto com tecnologia 100% brasileira, que conta com umkit exclusivo para cada cultura, sem a necessidade de regulagem, ampliando a eficência na distribuição de sementes.

Outro destaque da J.Assy foi o sensor sem fio para adubo Visum, que monitora o fluxo do insumo e alerta sobre entupimentos e falhas. Um dos seus diferenciais é a matéria-prima utilizada no produto, que elimina o risco de encrostamento e corrosão.Totalmente wireless, o equipamento permite a visualização das informações registradas pelos sensores através do monitor fixado na cabine do trator, com capacidade para 99 linhas.

A Sotreq esteve entre os expositores e, entre as máquinas Caterpillar que mostrou, destacou a retroescavadeira 416F, as carregadeiras de rodas compactas 914K e 920K, a carregadeira de rodas pequena 924K, as escavadeiras hidráulicas 313D e 318D, além da escavadeira 320.

Bruno Sanchine, coordenador comercial de máquinas novas da Sotreq, comemora a comercialização, durante o evento, de três vendas da carregadeira 920K. “Os outros equipamentos também despertaram grande interesse dos visitantes, com um bom volume de negócios fechados pelos profissionais da Sotreq presentes no estande”, comenta.

Defensivos e nutrientes – Companhia com papel de destaque em uma das maiores holdings do agronegócio global, a Adama participou da Showtec, levando demonstrações e informações sobre o fungicida Cronnos, produto que foi reconhecido pelo Consórcio Antiferrugem da Embrapa como o mais eficaz no controle da Ferrugem Asiática em 2019. O produto, entre os seus diferenciais, apresenta exclusiva formulação líquida que proporciona maior aderência às folhas; facilidade na aplicação; menor risco de entupimento de bicos e eficácia no combate às doenças da soja. A empresa também enfatizou as linhas Premerlin, Vezir, Poquer, Arado e Galil, para soja; assim como as tecnologias de Azimut, ExpertGrow e Voraz, para a cultura do milho.

Com soluções tecnológicas para nutrição da soja e milho, a Yara montou o Yara Experience Room, onde será demonstrado de forma prática os efeitos da falta de nutrientes em momentos decisivos apara a cultura da soja. Assim como também o simulador de aplicação de fertilizantes que irá permitir ao agricultor uma experiência em tempo real sobre a diferença do uso de produtos premium e dos convencionais.  

No estande da Yara, à disposição dos visitantes, esteve a equipe de agrônomos da empresa, detalhando o programa e auxiliando os participantes a terem aumento de produtividade em suas lavouras com as linhas de produtos YaraMila, YaraBela e o YaraVita, além dos programas nutricionais Maismays e SuperSoja.

O destaque da Ubyfol foi o enraizador Potamol, fertilizante ideal para as primeiras etapas da lavoura, indicado para aplicações via sementes, toletes, manivas, tubérculos, mudas e para aplicações foliares no início do ciclo vegetal, possuindo em sua formulação alta concentração de molibdato de potássio, fonte ideal de molibdênio, com rápida absorção e baixo índice salino.

A Ubyfol também mostrou o adjuvante Disperse Ultra, que possui moléculas exclusivas de origem orgânica e biodegradáveis, e que apresenta alta afinidade pela água e pela cutícula vegetal, garantindo máximo aproveitamento de nutrientes e defensivos nas pulverizações agrícolas, por meio das ações espalhante, adesivo, surfactante, antideriva, penetrante e umectante, inclusive atuando como redutor de espuma. Além disso, demonstrou, em campos de soja, milho e cana-de-açúcar, a aplicação de diversas outras tecnologias Ubyfol.

Sementes e biotecnologia – Portfólio completo em sementes e biotecnologia, proteção de cultivos, tecnologias e serviços digitais, voltados ao aumento da produtividade de soja e milho atraíram os produtores no estande da Bayer. Na ocasião, a empresa também apresentou o Impulso Bayer, o novo programa de relacionamento com o produtor, que conta com a Orbia, plataforma que surgiu de uma joint venture em parceria com a Bravium, que combina marketplace de fidelidade, commodities e insumos.

Um dos destaques no estande da Bayer foi o espaço dedicado ao fungicida Fox Xpro, recomendado para a prevenção de doenças que causam danos à lavoura de soja, que possui três ingredientes ativos – Trifloxistrobina, Protioconazol e Bixafem, a nova carboxamida exclusiva da empresa – que possibilitam ação tríplice em doenças como ferrugem da soja, mancha alvo, mofo branco, entre outras. Neste ambiente, os visitantes participaram de uma ação com óculos 3D, que simula a cabine de um pulverizador e de onde é possível entender os benefícios da aplicação do produto.

A marca Monsoy levou três variedades que, devido à precocidade, são indicadas para a segunda safra: a M6210 IPRO, a M6410 IPRO e a a M5947 IPRO, que, em comum, possuem a tecnologia Intacta RR2 PRO, que protege a planta contra o ataque das principais lagartas da cultura da soja, além de ser tolerante ao herbicida glifosato.

No que diz respeito ao milho, a Bayer mostrou, em primeira mão, a tecnologia Trecepta. Prevista para ser lançada em 2021 no mercado brasileiro, confere à planta proteção contra pragas da parte aérea como: a lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), broca-do-colmo (Diatraea saccharalis), lagarta-da-espiga (Helicoverpa zea), lagarta-elasmo (Elasmopalpus lignosellus) e lagarta-rosca (Agrotis ípsilon). Além da proteção contra insetos, a biotecnologia também confere tolerância ao herbicida Roundup.

Durante o evento, os produtores também conheceram as variedades específicas para o plantio de refúgio, importante técnica de Manejo Integrado de Pragas (MIP), que ajuda na proteção e nos cuidados dos benefícios proporcionados pela biotecnologia: o RefúgioMax. A Bayer também levou as linhas de soja e milho Agroeste; a Dekalb lançou o híbrido DKB360 PRO3 e o híbrido DKB290 PRO3; destacou o híbrido DKB255 PRO3; e a Sementes Agroceres levou três híbridos de milho, como o lançamento AG8065 PRO3, o AG8480 PRO3 e o AG8780 PRO3.

Armazenagem – Listada entre as principais empresas em soluções pós colheita, a Kepler Weber, apresentou o portfólio da tecnologia Sync. Em sua primeira participação no evento, a empresa buscou demonstrar os diferenciais dessa plataforma de soluções integradas baseada no conceito IoT (Internet das Coisas), indicada para ser aplicada na armazenagem de grãos a fim de reduzir perdas, aumentando assim a lucratividade da produção.

De acordo com informações da empresa, com a plataforma Sync, dados das condições dos grãos, preservação da qualidade e segurança alimentar e prevenção de riscos por falhas operacionais são monitorados por sensores de alta precisão e podem ser analisados individualmente e remotamente, a partir de um único equipamento, ou aplicada a toda planta de armazenagem, seja de produtores rurais, cooperativas, cerealistas, indústrias ou tradings.

Além disso – garante a Kepler Weber – o controle da armazenagem pode ser feito diretamente de smartphone, tablet ou desktop, com informações que poderão ser acessadas de qualquer lugar e a qualquer momento. Outro destaque da tecnologia é sua flexibilidade e a possibilidade de customização. Por estar disponível de maneira modular e escalável, pode ser aplicada em silos avulsos ou grandes plantas de armazenagem, em equipamentos já instalados ou novos.

Fotos: Divulgação das marcas citadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here