DESTAQUE – Mais de 5 milhões de novas conexões em oito meses: balanço do ConectarAGRO

Lançada em abril de 2019, durante a Agrishow 2019, a iniciativa ConectarAGRO – resultado de parceria entre TIM, AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec e Trimble – superou em 100 mil hectares a meta inicialmente planejada. Os números mostram que até dezembro de 2019  foi alcançada a marca de 5,1Mi/ha conectados com a tecnologia 4G, total  que corresponde a 10% da área cultivada no País, de acordo com dados da Embrapa.  Desse modo, a iniciativa cumpre seu seu objetivo básico que é expandir a disponibilidade da rede de quarta geração no País, contribuindo para facilitar o modo produtivo das fazendas em diversas regiões do Brasil.

De acordo com Gregory Riordan, diretor de Tecnologias Digitais da CNH Industrial para a América do Sul, “essa marca de conectividade alcançada é importante, pois não apenas confirma a viabilidade da iniciativa como estabelece uma referência para expansão significativa nos próximos anos. Ainda mais importante, disponibiliza uma conectividade plena nas regiões rurais impactadas que agora podem usufruir de forma completa dos benefícios e utilizar todo o potencial das tecnologias embarcadas nas máquinas agrícolas, como telemetria e sistemas de automação e digitalização. Com o campo cada vez mais conectado, a agricultura brasileira só tem a ganhar”.

Complementando Riordan, Alexandre Dal Forno, líder de IoT e produtos Corporativos da TIM Brasil, reforça que “conectar o campo é fundamental para que o agronegócio brasileiro continue sendo referência mundial e um dos principais pilares da economia do Brasil. Atualmente, propriedades nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste contam com a tecnologia 4G da TIM, com máquinas e implementos agrícolas conectados. Essa evolução traz mais precisão e agilidade para o dia a dia das fazendas e contribui para a evolução dos negócios dos produtores”.

Com a solução de conectividade aberta, simples e acessível promovida pelo ConectarAGRO, o produtor pode usufruir, de forma completa, dos recursos disponíveis para a agricultura de precisão, com ferramentas digitais e de automação para otimizar a produção agrícola. Além disso, ele passa a ter acesso a produtos e serviços habilitados com a disponibilidade da conectividade, como comunicação entre pessoas e máquinas dentro das propriedades. O investimento avaliado pelo grupo para a implantação da rede nas fazendas é de cerca de meia saca de soja por hectare.

Cada uma das oito empresas participantes contribui com sua expertise para tornar o agronegócio um ecossistema ideal que proporciona condições favoráveis ao produtor rural, para que possa desenvolver do plantio à colheita uma produção sustentável, do ponto de vista econômico, e facilitada, por ter um número maior de informações à sua disposição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here