R$ 30 milhões do Prorenova para Minas Gerais

Linha de crédito lançada em 2012 e direcionada ao incentivo da produção de cana-de-açúcar por meio de condições especiais de financiamento à renovação dos canaviais e à ampliação da área plantada, o Programa de Apoio à Renovação e Implantação de Novos Canaviais (Prorenova) do BNDES, aprovou o financiamento de R$ 30 milhões à Destilaria Vale do Paracatu para o plantio de até 5 mil hectares de cana-de-açúcar no município de Paracatu (MG). Esse valor corresponde a 74% do investimento total do projeto (R$ 40,25 milhões). Espera-se a geração de 100 empregos. 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de ROs investimentos financiáveis do plantio correspondem a gastos com insumos (fertilizantes e inseticidas), preparo do solo (aração, dessecação e gradagem) e plantação (adubação e cultivo das mudas).

A Destilaria Vale do Paracatu Agroenergia S.A é uma sociedade anônima de capital fechado e tem como atividades a fabricação de álcool anidro e hidratado para fins carburantes, a cogeração e comercialização de energia elétrica, além do cultivo da cana-de-açúcar. A produção de cana se utiliza de um processo agrícola 100% mecanizado, com sistemas de monitoramento e automação de processos. O parque industrial sucroalcooleiro, por sua vez, está instalado em uma área de mais de 20 mil metros quadrados. 

Com a renovação dos canaviais, a companhia pretende aumentar a produtividade agrícola em cerca de 8%. Isso se deve à escolha pela cana protegida, que é mais resistente a pragas e requer menos água. Por consequência, haverá também a elevação na capacidade instalada da indústria.

Para ter acesso ao Prorenova, deve-se enviar a solicitação de financiamento diretamente ao BNDES através do sistema de Consulta Prévia Eletrônica ou por meio de uma instituição financeira credenciada (agente financeiro) de sua preferência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here