Pulverizador é desenvolvido levando em consideração características físicas de mulheres e homens

A presença de mulheres em atividades do agronegócio é cada vez mais evidente. Segundo dados divulgados pelo Censo Agropecuário 2017, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), das mais de 15 milhões de pessoas que atuam no campo, 19% são do sexo feminino, com destaque para a hortifruticultura. E essa realidade vem levando as indústrias de equipamentos a desenvolverem soluções tecnológicas para auxiliar nas atividades rurais adequadas ao biotipo feminino. Ou seja, além de analisar as necessidades das trabalhadoras, as indústrias estão transferindo essas informações para no desenvolvimento de novos produtos.

Esse é o caso da Guarany, umas das líderes em pulverização no Brasil, que acaba de lançar no mercado um novo produto que teve como base para o desenvolvimento as particularidades das operadoras que utilizam o equipamento no campo.

“Observamos as principais demandas vindas do público feminino, quando eram questionadas quanto à utilização de pulverizadores costais nas lavouras. Pontos como conforto, ergonomia, facilidade no uso, segurança e a qualidade da aplicação foram os que nortearam o projeto do Balance”, afirma o diretor comercial da Guarany, Pedro Augusto Lopes.

Segundo o IBGE, mais de 15 milhões de pessoas atuam no campo, desses 19% são mulheres – Divulgação Guarany

O projeto foi desenvolvido em conjunto com uma empresa de design de produto e universidades, a fim de oferecer mais ergonomia e praticidade, respeitando o corpo do operador, feminino e masculino.

“Nossa experiência e atuação em mercados onde tradicionalmente as mulheres são protagonistas, como a África, ajudou-nos a melhor entender os pontos de melhoria nos produtos já existentes. Nosso foco principal foi a questão do conforto oferecido ao usuário em casos de uso contínuo no campo”, destaca ele.

Projetado para aplicação de defensivos agrícolas e adubos foliares, o Pulverizador Costal de Alavanca Balance tem uma estrutura com base maior e centro de gravidade mais baixo, o que proporciona mais estabilidade e equilíbrio durante o manuseio, além de melhor apoio durante o abastecimento.

Dentre os principais diferenciais do produto está o tanque, que foi projetado respeitando as particularidades de cada gênero, o que garante uma usabilidade mais cômoda durante o trabalho. Além do conjunto de descarga S3 com trava de fixação do gatilho para pulverização contínua, o Pulverizador conta com a opção do conjunto de descarga S7 com duas travas, sendo a adicional de segurança que evita a pulverização acidental. Ambos os conjuntos incorporam a ponta regulável de jato cônico e filtro incorporado na manopla.

“A maior parte dos pulverizadores costais disponíveis no mercado foi projetada para atender às necessidades do público masculino e, consequentemente, não oferece muito conforto às mulheres. Além disso, os cantos arredondados e sem arestas facilitam o trabalho em áreas com vegetação densa”, ressalta Pedro.

Conforto, ergonomia, facilidade no uso e segurança foram aplicados no projeto do Balance – Divulgação Guarany

Qualidade garantida – O equipamento está disponível no mercado com tanque químico de 16 e 20 litros, ambos com uma bomba de alta resistência posicionada em seu interior e fixada sem parafusos, o que elimina a possibilidade de vazamentos e facilita a manutenção.

O Pulverizador Costal de Alavanca Balance conta ainda com outros diferenciais, tais como: alavanca em L com regulagem de comprimento e manopla ergonômica, copo dosador acoplado à tampa de abastecimento, sistema de agitação da calda, correias almofadadas com formato que reduz a transpiração pelo contato com o corpo e mangueira reforçada com trama de nylon.

“O mercado já reconhece em nossas soluções a eficiência e a qualidade na aplicação, além da preocupação com a ergonomia ao usuário. O Pulverizador Costal Balance traz essa bagagem de mais de 96 anos de tradição com um olhar inovador e atento a um público que tem mostrado crescimento, força e independência no campo: as mulheres”, finaliza o diretor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here