Cenário e conjuntura internacional da indústria do trigo serão debatidos em congresso

Como a indústria do trigo está se preparando para enfrentar as mudanças climáticas em importantes campos produtores? Qual o impacto do cenário internacional na produção e no preço cobrado pela farinha? Como ficará o mercado com a entrada de novos players? Essas algumas das reflexões que permearão painéis e reuniões técnicas do 26º Congresso Internacional da Indústria do Trigo, realizado pela Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), na cidade de Campinas, no período de 22 a 24 de setembro.

“O objetivo do Congresso é discutir as novas estratégias. O setor está mudando e precisa adaptar-se a esse novo cenário”, explica o presidente executivo da Abitrigo, embaixador Rubens Barbosa, que esteve à frente das embaixadas brasileiras em Londres e nos Estados Unidos e moderará dois painéis, sobre a visão internacional sobre o mercado de trigo de Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Rússia e os acordos de livre comércio e o Mercosul, respectivamente . 

Além da conjuntura global, o cenário macroeconômico deve ser analisado na ocasião, conforme detalha Rubens Barbosa. “Vamos discutir, também, a Política Nacional do Trigo (PNT), que a Abitrigo entregou ao Ministério da Agricultura”, com o propósito de aumentar a produção, melhorar a qualidade das sementes de trigo e retirar gargalos que interferem no desenvolvimento do mercado. 

Para conferir a programação completa, basta acessar: abitrigo.com.br/congresso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here