Central Senepol LAB FIV amplia operações

“Nunca houve tanta procura pelo Senepol quanto agora. A raça é adaptada ao clima tropical e os touros cobrem a vacada a campo, ajudando a reduzir o ciclo da pecuária e transferir qualidade à carne. A demanda por touros Senepol provados é gigantesca, a oferta ainda é restrita e este cenário não só valoriza a raça como também movimenta investidores”, pontua Aluisio Favaro, diretor da Central Senepol LAB FIV, empresa fundada há três anos com o objetivo de expandir  raça Senepol nos grandes centros produtores de carne bovina.

O trabalho desenvolvido pela Central Senepol LAB FIV atende todas as etapas, desde a  fertilização in vitro em laboratório próprio até a entrega das receptoras com prenhes confirmada ou bezerro ao pé e engloba dias de campo, ampliação do circuito Rota do Senepol, diferencial que tem beneficiado muitos criadores, especialmente os pequenos e médios, com a finalidade de democratizar informações técnicas, genética superior e soluções em reprodução com o maior número possível de produtores. Além disso, oferecer canais de comercialização aos clientes, via leilões e shopping de animais.

O balanço de 2018 é estimulante para a Central Senepol LAV FIV. No ano passado, atendeu em torno de 70 fazendas, gerou quase 5.000 embriões, entre congelados e transferidos, a partir de um acervo de 500 doadoras e mais de 40 touros diferentes. Como resultado, a previsão é que nasçam 1.200 bezerros este ano.

E as perspectivas para 2019 são positivas. No mês de abril, a Central Senepol LAB FIV deve embarcar os primeiros 150 embriões de Senepol ao Paraguai, berço do Senepol na América Latina. Em outubro do ano passado, a empresa foi visitada pela Família Baumgarten, da La Blanca Agropecuária, que investiu em sete doadoras e uma cota de 50% da Queen Victória da Brisa, animal com fenótipo desejado na raça. As matrizes permanecem em coleta e seus oócitos são destinados a acasalamentos dirigidos, com foco no refrescamento de sangue da linhagem paraguaia 4×4.

“Incentivamos a participação do gado em provas de eficiência alimentar, de aspiração folicular e também no Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS), de forma a proporcionar maior credibilidade, além de um histórico completo da produtividade do gado”, complementa Wanderley Zucoloto, sócio de Favaro, lembrando que a Central Senepol LAB FIV também atende outras raças.

Rota do Senepol passa por 40 fazendas – Circuito que tem ajudado dezenas de pecuaristas, a “Rota do Senepol” passou por mais de 40 fazendas em SP, MG, GO, TO, MT, MS, RO, ES, PR, PA, RJ e RR. Nessas visitas, os técnicos da central avaliam as condições de pasto e o sistema de manejo dos criadores para recomendar acasalamentos que favoreçam o melhoramento genético do Senepol.  “Ao mesmo tempo que presenciamos o crescimento da raça nos deparamos com diferentes perfis de pecuaristas, muitos deles antes sem condições de aspirar suas doadoras em laboratório. Também descobrimos raçadores incríveis, mas pouco explorados comercialmente”, relata Aluisio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here